08/01/2020 às 18h04min - Atualizada em 08/01/2020 às 18h04min

Polícia Civil prende autor de homicídio na Mooca

Vítima teve o corpo queimado; responsável pelo crime foi preso nesta quarta-feira (08)

SSP
A Polícia Civil identificou e prendeu, na madrugada desta quarta-feira (08), o suspeito pela morte de Carlos Roberto Vieira da Silva, de 39 anos, que teve o corpo incendiado na noite de domingo (5), na Mooca, zona leste da Capital.

O preso, que também é morador de rua, confessou em depoimento que cometeu o crime após discutir com a vítima por causa de uma quantia em dinheiro, versão que ainda está em apuração por parte da Polícia Civil. “O suspeito acabou confessando que praticou a ação e foi reconhecido por testemunhas. Ele e a vítima tiveram uma desavença por motivos que ainda estamos apurando”, explicou o Delegado Helio Bressan, responsável pela 5ª Delegacia Seccional (Leste). 

Segundo o apurado, a vítima foi queimada enquanto dormia, foi socorrida, mas não resistiu. Na ocasião, o caso foi registrado no 56° Distrito Policial (Vila Alpina) e encaminhado para o 18° DP (Alto da Moóca), responsável pelas investigações. 

Equipes realizaram diligências e apreenderam um recipiente encontrado no local do crime, que foi enviado ao Instituto de Criminalística (IC) para perícia. Também foram apreendidas imagens de um circuito de segurança que flagraram a ação, o que auxiliou na identificação do autor e na solicitação da sua prisão temporária, acatada pela Justiça.

“Em três dias, a Polícia Civil investigou o caso e já prendeu o acusado de ser o autor do crime. Esse fato leva à conclusão de que a Polícia Judiciária de São Paulo e a Polícia Civil têm feito um trabalho orgulhoso [em prol da sociedade]”, finalizou Bressan
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »