14/01/2020 às 19h59min - Atualizada em 14/01/2020 às 19h59min

Galpão pega fogo e fumaça assusta moradores de Jarinu

Corpo de Bombeiros foi acionado e realizou o trabalho de combate do fogo. Casa vizinha também foi atingida, mas ninguém se feriu.

G1
Um galpão pegou fogo em Jarinu (SP) na tarde desta segunda-feira (13). O local era usado como depósito de materiais recicláveis e ficou totalmente destruído por conta das chamas.

Uma grande nuvem de fumaça se formou e assustou os moradores da região. O Corpo de Bombeiros foi acionado e realizou o trabalho de combate do fogo.

Bombeiros controlam incêndio em galpão de materiais recicláveis em Jarinu

O Corpo de Bombeiros trabalhou até as 23h, mas precisou voltar durante a madrugada para combater novos focos que surgiram no local. Às 7h desta terça-feira (14), as chamas já haviam sido controladas. A perícia técnica foi até o local e a Polícia Civil vai investigar as causas do incêndio.

Segundo a corporação, uma casa vizinha também foi atingida, mas ninguém ficou ferido. A principal suspeita é de que o fogo, que chegou a 15 metros de altura, tenha começado após um curto-circuito, já que a estrutura do imóvel é antiga.

Segundo a Defesa Civil, uma grande quantidade de material reciclável ficava guardada dentro do galpão, que processava o produto e distribuía para outros lugares. Isso contribuiu para que o fogo se espalhasse mais rapidamente.

A Defesa Civil informou que uma das paredes do galpão precisou ser demolida, já que corria o risco de desabar sobre a casa vizinha.

Equipes da Defesa Civil vão voltar ao local nesta terça para fazer a retirada do material plástico que ficou no local. O Corpo de Bombeiros explicou que, por baixo desse material, ainda há muito calor, o que pode causar novos focos de incêndio.

Uma casa que fica ao lado do galpão foi interditada de forma preventiva. A Defesa Civil retirou os moradores do local durante a noite, mas eles já estão autorizados a voltar, pois não há risco da casa desabar.

Os moradores relatam que outro incêndio já atingiu o local em 2015. De acordo com eles, desde dezembro o galpão está fechado, já que o dono precisou se afastar por problemas de saúde.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »